terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

CHEGA DE SABRIL

Eis que ele passa por diante de mim, e não o vejo; 
e torna a passar perante mim, e não o sinto. 


       Seis meses depois da cura da Síndrome de West começamos a reduzir lentamente o sabril (final de out/13) e na metade do mês passado Vini parou de tomar completamente este medicamento. Confesso que no início fiquei com um pouco de medo com as reações que ele poderia ter, mas Graças a Deus não poderia ter sido melhor. Agora ele está tomando somente a Lamotrigina, mas acredito que em breve começaremos a retirar, vamos ver o que os médicos nos dirão na próxima consulta.


       O Vini tomou o Sabril por dois anos e como este remédio pode afetar a visão, conforme o médico depois de vários anos, a cada 6 meses fazemos acompanhamento oftalmológico para que não tenha problemas. Por vários meses ele não interagia, não acompanhava o movimento, não seguia nada com os olhos, tinha um olhar distante e foi aí que o médico nos solicitou fazer terapia ocular. Isso aconteceu devido a West, não por causa ao Sabril.
Brincando com o Mano...

       Por alguns meses o Vinicius fez terapia ocular com a Gislaine, lembro-me bem do que ela me disse no primeiro dia: “Ele enxerga sim, é só preguiça”. E assim foi durante os meses que ela fez terapia com ele, cada dia que passava estava melhor, apesar dela não ter conhecido ele antes de estar curado, pois nesse período ele não tinha interesse por nada.


       Em dezembro/13 o médico deu alta e desde então o Vinicius não precisa mais fazer terapia ocular. Agradecemos muito a “Tia Gi” pelo esforço, amor e dedicação, por acreditar no nosso anjinho, ela sempre foi muito firme em dizer que ele estava bem e que logo ganharia alta.    
Tia Gi, obrigado por tudo, moras em meu coração!!!

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada Káthia, Deus abençoe sempre você e sua família.

      Beijos,

      Vinícius e Vianei

      Excluir